NR12 – SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

As normas de NR12 são princípios fundamentais a medidas de proteção que garantem saúde e integridade física aos trabalhadores. Estabelece requisitos mínimos para a prevenção de se trabalhar nas fases de projetos, de utilização de maquinas e equipamentos de todos os tipos e ainda, sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título, em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da observância do disposto, nas demais Normas Regulamentadoras.

Ainda que a fiscalização esteja um pouco mais rigorosa com relação à equipamentos novos, todos os equipamentos já instalados e em funcionamento devem passar por ajustes para se adequarem à NR-12. A norma enquadra os equipamentos nacionais e os importados, exigindo a conformidade desses equipamentos para funcionamento e solo nacional.

A Norma regulamenta todas as fases de utilização das máquinas desde o transporte, a montagem, a manutenção, a limpeza, o ajuste, desmontagem, ou seja, tudo aquilo que possa gerar risco ao operador. É proibida a fabricação, importação, comercialização, leilão, locação, cessão a qualquer título e exposição de máquinas e equipamentos que não atendam ao disposto nesta norma.

Por outro lado, o operador tem suas obrigações e deveres para serem cumpridos durante o trabalho com a máquina, que será validada ou cobrada caso tenha havido um treinamento específico ministrado por profissional capacitado.

O Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho (AEAT), publicado anualmente pelo Ministério da Previdência Social, aponta que as partes do corpo humano que mais sofrem acidentes são os punhos e as mãos. “As máquinas, infelizmente, contribuem muito para este fato, pois as mãos estão sempre segurando peças dentro da máquina, trocando ferramenta, ajustando o processo, etc.”, sublinha Barile, que completa: “Muitos equipamentos acabam escoriando, esmagando e até amputando partes dos membros superiores dos trabalhadores, já que devido à capacidade energética e à velocidade de muitas máquinas, um acidente começa aprisionando uma mão e pode acabar puxando o corpo inteiro de uma pessoa para o seu interior, levando à morte”.

Isso acontece, na maioria das vezes, “pelo excesso de confiança do operador e pela falta de equipamentos de proteção adequados para a utilização de uma máquina ou equipamento”, afirma Antônio Luís Faria Gonçalves, chefe de Vendas da área de Segurança de Máquinas da WEG.

 

Então lembrem-se, segurança é essencial para um bom processo.

Como podemos ajudar você?

Entre em contato conosco no escritório mais próximo de você,  ou faça uma consulta online.

NOS CONSULTE PARA UM ORÇAMENTO!